Palavras chave

Linhas para tecer o Saneamento Rural no Brasil

Uma das etapas do processo de construção do PNSR consiste na elaboração de diretrizes e estratégias que indiquem a direção a ser seguida por aqueles responsáveis por planejar e executar ações de saneamento voltadas para as populações do campo, floresta e águas e dos povos indígenas, sejam elas de caráter gerencial, educativo, de mobilização e participação social, ou de construção de soluções técnicas – de abastecimento de água, esgotamento sanitário, de manejo dos resíduos ou da água da chuva.

As diretrizes devem ser compreendidas como orientações que definem um traçado ou um caminho a seguir. Fundamentadas em pressupostos, são instruções explicitadas em uma política, um plano ou um programa, com a finalidade de guiar as ações daqueles que desempenham algum papel no campo do saneamento.

Já as estratégias são procedimentos pelos quais se procura materializar, trazer para o mundo real, cada diretriz. Por isso, devem levar em consideração as peculiaridades dos territórios e perspectivas dos diversos atores envolvidos e compromissados com o saneamento das comunidades rurais – do campo, das florestas e das águas – e dos povos indígenas.

Diretrizes e estratégias para avaliação

Contribua até dia 25 de outubro de 2017

A construção das diretrizes e estratégias do PNSR tem sido um processo coletivo, marcado em nossa Linha do Tempo por quatro processos principais: (1) trabalhos de campo realizados nas cinco regiões do país; (2) Seminários e oficinas temáticas efetuados na UFMG; Oficina Nacional do PNSR, ocorrida ao final de 2016; As cinco Oficinas Regionais recém realizadas, cujos resultados estão em fase de sistematização e análise.